Incontinência urinária: Benefícios do Pilates

A incontinência urinária é a perda involuntária de urina, e pode ser por dois tipos: por esforço ou de urgência, pode ser por  fraqueza ou por contração exacerbada da musculatura do assoalho pélvico, que impede que a urina seja eliminada através da micção completamente, pode acometer homens e mulheres de diferentes faixa etárias, até mesmo durante a gestação, devido ao peso da barriga sobre a bexiga.

Como sabemos ao avançar da idade nosso corpo começa a perder várias de suas capacidades de maneira progressiva, como por exemplo a quantidade de colágeno, além dos fatores com mais de 3 gestações, partos normais que precisaram de epsiotomia, danificando a musculatura que ali se encontra.

Entre as diversas formas de tratamento, a prática regular do Método Pilates pode ser uma alternativa para prevenção e tratamento.

O Método Pilates por sua vez, trabalha força, mobilidade articular, postura, equilíbrio e ativação do core, que inclui as musculaturas mais profundas, e pode estar associada ao assoalho pélvico.

Com a ativação da musculatura, a tonificação do períneo que é a base de sustentação da bexiga, o aluno apresentando o controle dessa base,  automaticamente os músculos ficam mais fortes e a chance de ter incontinência urinária são menores, pois quanto mais fortalecimento a musculatura maior o controle da urina.

Assim, os pacientes se beneficiam de uma maneira global e para seu bem-estar e melhorando assim sua qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

*